A Unisc

Frente às exigências atuais, é necessário que a sociedade acelere a modernização das suas atividades produtivas para assegurar competitividade, em uma economia aberta, e manter-se atualizada, através de um fluxo constante de inovações tecnológicas.

Para isso, o Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo – PMT-VRP tem contribuído suprindo necessidades regionais, em especial nas áreas de Alimentos, Biotecnologia, Materiais, Meio Ambiente, Tecnologia da Informação e Saúde. Esse trabalho tem se desenvolvido com a união dos esforços da Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC, do Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo – COREDE/VRP, de outras instituições da comunidade regional, e com o apoio do governo do Estado do Rio Grande do Sul, especialmente da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - SDECT e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul – FAPERGS.

Pelas atividades que desenvolve, o Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo – PMT-VRP vem assumindo posição de interação entre as demandas tecnológicas da comunidade regional e as atividades de pesquisa, extensão e prestação de serviços da Universidade.

Missão

Promover a geração, gestão e difusão do conhecimento científico-tecnológico, visando o desenvolvimento regional.

Visão

Promover ações voltadas à melhoria da qualidade de vida regional através de atividades envolvendo a ciência e tecnologia como ferramentas de desenvolvimento social e dos setores produtivos.


Horário de atendimento

8h às 12h - 13h30min às 17h30min


Curta nossa página no Facebook.

 

 

Alimentos

- Processos de produção de alimentos;
- Desenvolvimento e controle de qualidade de produtos;
- Diversificação agrícola.

Materiais

- Processos de produção de materiais;
- Reciclagem de termoplásticos;
- Desenvolvimento e controle de qualidade;
- Estudos envolvendo blendas e compósitos poliméricos.

Meio Ambiente

- Gestão para a produção mais limpa e tecnologias limpas;
- Tratamento de efluentes;
- Tratamento de águas de abastecimento;
- Tratamento de resíduos;
- Controle da poluição do ar;
- Recuperação de áreas degradadas;
- Monitoramento ambiental.

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação:
- Gestão do conhecimento;
- Sistemas de apoio à decisão;
- Recuperação de informação;
- Gestão por processo.

Microeletrônica:
- Sistemas embarcados;
- Automação Industrial;
- Sistemas de controle e robótica;
- Controladores de logística programável.

Biotecnologia

- Biodinâmica Humana;
- Biologia celular, molecular e biotecnologia;
- Genética Humana;
-Tecnologias de prevenção e remediação da poluição.

Saúde

- Saúde Coletiva;
- Reabilitação em Saúde e suas Interfaces,
- Biodinâmica Humana, Estilo de Vida e Saúde da família, da escola e do trabalho.

 

Natureza

Órgão de caráter consultivo, constituído por representantes dos diversos segmentos da comunidade regional, para auxiliar na definição das diretrizes gerais de atuação do Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo.

Competência

  • Auxiliar a Unidade Gestora na interlocução com a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - SDECT;
  • Acompanhar a tramitação dos projetos no âmbito do PMT-VRP;
  • Auxiliar a Unidade Gestora na remoção de fatores limitadores à conclusão dos projetos apoiados;
  • Emitir parecer de aceite de conclusão de projetos;
  • Fiscalizar o cumprimento do conteúdo dos protocolos de intenções e convênios apoiados;
  • Acompanhar a continuidade dos programas de apoio ao desenvolvimento tecnológico da região, mesmo após a conclusão dos projetos apoiados.

 

Relação de Gestores do PMT/VRP

- Silvio Cesar Arend
Período: setembro de 1994 a maio de 1995.

- Marco Antônio Vargas
Período: maio de 1995 a fevereiro de 1997.

- Lourdes Terezinha Kist
Período: março de 1997 a janeiro de 1998.

- Erica Karnopp
Período: janeiro de 1998 a abril de 2000.

- Rogerio Leandro Lima da Silveira
Período: maio de 2000 a julho de 2000.

- Adriane de Assis Lawisch Rodriguez
Período: agosto de 2000 a março de 2006.

- Liliane Marquardt
Período: março de 2006 a março de 2008.

- Ênio Leandro Machado
Período: março de 2008 a outubro de 2008.

- Liane Mahlmann Kipper
Período: outubro de 2008 a agosto de 2009.

- Jorge Luiz Amaral de Moraes
Período: agosto de 2009 até janeiro de 2010.

- Adriana Hintz Eick
Período: janeiro de 2010 até agosto de 2015.

- Andreia Rosane de Moura Valim

- Michele Braun

Central Analítica

A Central Analítica é um setor da UNISC que reúne diversos laboratórios que realizam análises nas áreas de química, física e biologia. Estes laboratórios têm como funções básicas prestar serviços à comunidade em geral, através das análises oferecidas, e dar suporte ao ensino de graduação e de pós-graduação, à pesquisa e à extensão.

Diversas amostras podem ser analisadas pelos laboratórios da Central Analítica, entre as quais destacam-se: solos, vegetais, água, alimentos, efluentes industriais e domésticos, plásticos e borrachas.

Coordenador: Paulo Roberto Theisen
Fone: (51) 3717-7500

Centro de Estudos e Pesquisas Econômicas – CEPE

A principal atividade do CEPE é a promoção de pesquisas que contribuam para o conhecimento do perfil sócio-econômico regional que permita a adoção de novas estratégias de crescimento, tanto no setor privado como no público. Dentre as ações do CEPE, destacam-se: elaboração de diagnósticos socioeconômicos setoriais e municipais; análise de viabilidade econômico-financeira de projetos; pesquisas de mercado; consultoria empresarial; análise de pré-projetos de investimentos; sistematização e cálculo de índices de custo de vida, variação do emprego e desempenho econômico de diferentes setores; e disponibilização de informações econômicas, através do Banco de Dados.

Coordenador: Prof. Silvio Cezar Arend
Fone: (51) 3717-7504

Incubadora Tecnológica da UNISC - ITUNISC

A Incubadora Tecnológica da UNISC é um projeto coordenado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade. Ela busca a formação e a consolidação de micro e pequenas empresas que tenham uma proposta tecnologicamente inovadora, criando novas oportunidades de desenvolvimento, de renda e de trabalho na região. Entre as vantagens, destacam-se:

Para os parceiros: identificação de novos fornecedores e prestadores de serviços; identificação de pesquisa e desenvolvimento com viabilidade de comercialização e/ou transformação em novos produtos; contribuição para o desenvolvimento rápido de empresas nascentes; diminuição da mortalidade de MPEs.

Para os empreendedores: diminuição do custo e riscos do processo de inovação; estabelecimento de alianças estratégicas; facilidades para o acesso rápido ao mercado; criação da cultura de gestão, inovação e planejamento; uso de práticas gerenciais competitivas; redução dos custos operacionais; orientação empresarial; apoio técnico em participação de feiras, eventos; infra-estrutura; apoio a participação de editais visando recursos não reembolsáveis, entre outras.

Serviços oferecidos: sala de reuniões e treinamento; laboratório de computação; serviço de secretaria e acesso a internet; utilização da Biblioteca; orientação empresarial; orientação na elaboração de projetos para obtenção de recursos-humanos; apoio a participação em feiras, eventos e treinamentos; orientação na elaboração do Plano de Negócios; acesso a informações mercadológicas.

Coordenador: Fernando Jose Stanck
Fone: (51) 3717-7470

Núcleo de Gestão Pública (NGP)

O Núcleo é um espaço de articulação de projetos propositivos para a área de abrangência da UNISC, visando atender às demandas da comunidade por gestão e políticas públicas, no que diz respeito à sustentabilidade do desenvolvimento territorial urbano e rural; à administração pública; ao meio ambiente e ao desenvolvimento sustentável; ao desenvolvimento regional sustentável; à gestão de recursos naturais; à educação ambiental; à gestão de recursos naturais e sistemas integrados de bacias hidrográficas. Preferencialmente, a metodologia utilizada é a participativa, a qual valoriza as relações horizontais, a cooperação interinstitucional e a transparência das ações estratégicas, proporcionando o empoderamento da população nas tomadas de decisão, com foco na melhoria constante da qualidade de vida dos cidadãos e no respeito aos condicionantes ambientais.

Coordenadora: Prof.ª Valeria Borges Vaz
Fone: (51) 3717-7460

Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia - NITT

O Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia - NITT, ligado a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPPG, é responsável pela avaliação e encaminhamento de medidas para a proteção ao conhecimento e transferência de tecnologia. Sua finalidade é promover a interação e a negociação entre a UNISC e a comunidade no que tange a propriedade intelectual e a transferência de tecnologias produzidas pela Universidade. Além disso, o NITT possui como objetivos: Viabilizar o registro e comercialização da propriedade intelectual, de inovação e transferência de tecnologia advindas de atividades institucionais; coordenar as negociações relativas à propriedade intelectual e ao sigilo em projetos de pesquisa e de desenvolvimento tecnológico, assegurando os direitos da instituição e do pesquisador; assessorar a comunidade acadêmica no que se refere a informações sobre a legislação relativa à propriedade intelectual e transferência de tecnologia; interagir com a comunidade, interna e externa, as ações desenvolvidas no âmbito da propriedade intelectual e da transferência de tecnologia da Unisc; divulgar editais e fontes de fomento, no país e no exterior, que apóiam projetos de pesquisa e de desenvolvimento tecnológico, em parceria com o Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo - PMT/VRP e o Núcleo de Assessoramento a Projetos - NUAP.

Coordenador: Isabel Grunevald
Fone: (51) 3717-7516

Núcleo de Pesquisa Social – NUPES

O NUPES (Núcleo de Pesquisa Social) é um laboratório de pesquisa vinculado ao Departamento de Ciências Humanas da UNISC em funcionamento desde 1993. Está habilitado a assessorar pesquisas e projetos desenvolvidos pela comunidade acadêmica ou regional e a elaborar e executar pesquisas sociais aplicadas e prestar serviços e informações elaboradas com rigor metodológico e científico às instituições públicas e privadas. As modalidades de pesquisas até agora realizadas são: pesquisa eleitoral, de perfil de categorias profissionais, hábitos e tendências de consumo, preferência por marcas e serviços, audiência de emissoras de rádio e ainda censos sócio-econômicos. Além destas pesquisas, o NUPES está habilitado a prestar assessorias, elaborar cadastros e realizar diagnósticos de situação econômica e social. Ainda, em associação com profissionais da área econômica, o NUPES está capacitado a realizar estudos de viabilidade econômica. O NUPES responde em seu trabalho à diversidade das demandas oriundas dos mais diferentes setores da comunidade regional. Como Setor Prestador de Serviços da Universidade, o NUPES busca fornecer aos seus clientes dados sociais e econômicos, como por exemplo: dados na área da saúde, educação, violência e criminalidade, espaço urbano e rural, entre outros.

Coordenadora: Prof.ª Claudia Tirelli
Fone: (51) 3717-7437

Parque Científico e Tecnológico Regional – TecnoUnisc

O TecnoUnisc é um ambiente de produção e gerenciamento de tecnologias voltadas às suas áreas de atuação, sendo um local favorável ao desenvolvimento de empresas de base tecnológica, empreendedoras e de inovação. Seu propósito é desenvolver atividades que promovam a interação e a sinergia entre atividades de pesquisa e de desenvolvimento, que gerem produtos, processos e serviços inovadores. Isso se dá através de um fluxo contínuo de transferência de conhecimento e tecnologia entre universidade, empresas, estado e sociedade.

Coordenadora: Fernando José Stanck
Fone: (51) 3717-7470

Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – Mestrado e Doutorado (PPGDR)

Através das linhas de pesquisa, que se concretizam nas atividades de pesquisa dos professores e alunos, o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – Mestrado e Doutorado contribui no levantamento e na análise de problemas de caráter regional, bem como na formação teórica e metodológica de profissionais capacitados a exercer a reflexão crítica sobre o desenvolvimento humano e atuar sobre as formas e os conteúdos do desenvolvimento tecnológico, ambiental, cultural, social, político e econômico, tanto em nível regional quanto global.

Coordenadora: Prof.ª Virginia Elisabeta Etges
Fone: (51) 3717-7392

Pós-Graduação em Promoção da Saúde – Mestrado (PPGPS)

Entre os objetivos do Programa de Pós-Graduação em Promoção da Saúde estão a promoção da  capacitação e qualificação de pesquisadores e profissionais da área da saúde e afins, para produzir e difundir conhecimentos de forma interdisciplinar, no campo da promoção da saúde e bem-estar de indivíduos e populações;  o aprofundamento do nível de análise e reflexão sobre as condições de vida e saúde, possibilitando a minimização das desigualdades entre os grupos sociais e regiões, destacando saúde da família, do escolar e do trabalhador, cultura física e vigilância em saúde; além de atender às demandas de egressos de cursos superiores na área da saúde e afins, para a produção de conhecimentos específicos, voltados às necessidades locais, regionais e nacionais.

Coordenadora: Prof.ª Miria Suzana Burgos
Fone: (51) 3717-7603

Pós-Graduação em Sistema e Processos Industriais – Mestrado (PPGSPI)

O Programa de Pós-Graduação em Sistemas e Processos Industriais tem por objetivo mais amplo a geração de novas tecnologias, bem como a formação e qualificação de recursos humanos através da implementação e consolidação da pesquisa e extensão na área de Controle e Otimização de Processos Industriais.

Coordenadora: Prof.ª Liane Mählmann Kipper
Fone: (51) 3717-7632

Pós-Graduação em Tecnologia Ambiental - Mestrado e Doutorado (PPGTA)

O Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Ambiental - Mestrado e Doutorado, através de suas Linhas de Pesquisa Tecnologias de Prevenção e Remediação da Poluição que envolve os princípios de desenvolvimento sustentável, tecnologias limpas e ecologia dos setores produtivos, ocupando-se de etapas de prevenção e remediação com menor uso de energia e insumos, e Reciclagem, Tratamento e Disposição de Resíduos Sólidos que considera a reutilização, valorização e aterro, no âmbito de domínios e possibilidades que a tecnologia pode oferecer à tomada de decisões voltadas ao gerenciamento de resíduos sólidos, objetiva a consolidação da Pesquisa na Área de Tecnologia Ambiental e a qualificação de recursos humanos, influenciando e contribuindo para o desenvolvimento regional. Para isso pretende formar profissionais direcionados à prevenção e/ou à resolução de problemas ambientais que afetam a qualidade ambiental e de vida da sociedade, com habilidades e capacitação tecno-científica. O profissional também deverá ter capacidade de gerar conhecimento e pesquisas básicas para uso nos sistemas de gestão ambiental.

Coordenadora: Prof.ª Rosana de Cássia de Souza Schneider
Fone: (51) 3717-7545

 

- O Serviço Tecnológico em Oleoquímica corresponde ao atendimento de demandas de:
1. Extração de óleo;
2. Produção de biodiesel;
3. Análises de óleo e biodiesel;
4. Definição de aspectos importantes para a produção de óleo e biodiesel;
5. Aproveitamento de subprodutos;
6. Resolução de problemas ambientais e tecnológicos relacionados a oleoquímica.

- O serviço é realizado por professores ou pós-graduandos, vinculados à área de oleoquímica.

- As análises que podem ser realizadas neste serviço tecnológico são:



*Análises que não estão elencadas na tabela acima, poderão ser atendidas buscando a parceria de outros profissionais da universidade, sendo avaliadas caso a caso, dependendo da demanda.

- Serviços relacionados à consultoria na produção de óleo e de biodiesel poderão ser realizados como uma demonstração do processo, indicando cuidados na execução e ou de relatório com um conjunto com resoluções propostas a partir do relato do solicitante.

- Neste serviço não será realizada avaliação in loco de processos.

- Os serviços serão prestados no Laboratório de Oleoquímica e Laboratórios da Central de Análises, onde estão alocados os equipamentos de análise química necessários, e no Bloco 55, área de plantas piloto e Laboratório de Síntese, onde estão instaladas as plantas de extração e purificação de óleo, de biodiesel, centrífuga de bancada e equipamento para análise de estabilidade oxidativa.

MENU PRINCIPAL